Tamanho da letra A + A -

Mitos

MITO 2.

Pessoas com qualquer tipo de Deficiência Intelectual (D.I.) ficam limitadas e têm pouca chance de serem incluídas socialmente.


As deficiências, de um modo geral, são maiores ou menores em função das barreiras que se interpõem entre a pessoa e a função que precisar exercer. Quanto mais hostil e menos adaptado for o ambiente no qual a pessoa com algum tipo de deficiência intelectual (D.I.) se desenvolver, maior será a dificuldade para se integrar. Uma forma muito forte de exclusão da pessoa com D.I. está relacionada a comunicação verbal. O atraso na linguagem faz com que a interação se distancie da realidade, mascarada por silêncios, sinais, gestos e falas cifradas que não são identificadas pela maioria das pessoas, pois não fazem parte dos códigos mais comuns. Aí se inclui mesmo a linguagem escrita aprendida na escola, que não faz sentido para os que custam a simbolizar ou não o conseguem, o que impacta também a memória, suporte para o acúmulo do conhecimento. É importante que a sociedade conviva com pessoas com D.I. para que haja uma adaptação de ambas as partes e todos aprendam que existem formas alternativas de se comunicar e para que se desenvolvam relacionamentos e  integração social. Portanto, limitar a convivência de pessoas com D.I. em todos os espaços sociais é um equívoco. Todos ganham, todos aprendem.


A sua doação vai além do valor financeiro,
ela apoia a conquista de autonomia de pessoas com deficiências.

Clique aqui para doar Veja os produtos da campanha